Arquivo por mês: dezembro 2010

dez 31

Começou o fim

Começou o fim… o último dia a última noite o último alento e o último açoite o último sorriso o último abraço o último espaço a ser preenchido. O último olhar o último beijar o último dos últimos a chegar. Sê conosco… o primeiro a chegar, o primeiro a ficar e o primeiro a falar… …

Continue lendo »

dez 29

Ana Luiza

Somos conhecidos por nossos nomes, o sobrenome vem mostrar de quem somos e de onde somos…se somos da Silva, selva, se somos Pereiras, cristãos novos do tempo em que os “convertidos” ganhavam nomes silvestres. Sou da Silva, selva, de mãe e Cardoso, caudaloso, de pai. Aqui quero falar de gente nova, de um novo tempo, …

Continue lendo »

dez 28

Ainda Ontem

Ainda ontem estávamos lá, sentados na sala de espera a espera do que chegar estávamos lá já sabendo o que esperar… E a notícia veio confirmar tudo deu certo apesar da dor apesar do torpor e do doloroso despertar… A cirurgia deu certo ainda que não estávamos por perto mas quem somos nós para decifrar …

Continue lendo »

dez 26

Infinitas Vezes

Quantas vezes nos olhamos e nada vimos, quantas vezes nos falamos e nada ouvimos. Quantas vezes nos tocamos e nada sentimos, quantas vezes choramos e quantas vezes não sorrimos. Quantas vezes nos somamos e quantas vezes nos dividimos. E quantas vezes nos multiplicamos e quantas vezes nos subtraímos. Quantas vezes nos amamos e quantas vezes …

Continue lendo »

dez 26

Sonho

O ano se acaba… com ele tudo desagua. O sonho de um ano atrás… jaz. O ano se finda… a vida continua linda, o sonho que hoje jaz, se renova em paz. O ano desvanece… tudo de novo acontece, e o sonho renovado de novo e sempre sonhado é sonho que não se esquece. Tudo …

Continue lendo »

dez 26

O último domingo

Hoje o último domingo o último abrigo o último abraço de um último laço jamais corrompido. Um último olhar um último cantar de um último zunido o último amigo o último contigo no último domingo. Hoje, no último domingo, no último abraço o último a estar contigo, no último laço no último traço no último …

Continue lendo »

dez 24

E se…

E se ninguém ler, e se ninguém ver e se ninguém olhar ninguém ficará sabendo olhando e lendo o que se escreverá e se ninguém vier e se ninguém quiser ainda assim será será mais um tempo onde a folha e o vento juntos irão bailar será natal e assim sendo folhas mortas levadas ao …

Continue lendo »

dez 23

A véspera da véspera

Hoje é véspera da véspera, e vespertinamente o que virá? decerto um novo dia e sendo mais um dia novo de novo e novamente a noite virá… Com ela os sonhos de uma vida nova e melhor… e com ela os anseios de novos novembros e novos dezembros, que com eles trarão, luz, estrela e …

Continue lendo »

dez 23

Sorria cara Karina!!! Sorria!!!

Cara Karina mulher e menina donzela e bandida flor em botão. Cara Karina poema e poesia dilema e alquimia luz e escuridão. Cara Karina doce e ferina dor e morfina sorriso e canção.

dez 21

O último dia de primavera

Hoje é o último dia de primavera, hoje à noite, a primeira noite de verão, flores chuvas e sonhos, desaguando em nova estação.

Posts mais antigos «