«

»

mar 22

O universo conspira a nosso favor, mesmo quando não concordamos.

Há uma conspiração no ar, tudo conspira tendo por objeto a humanidade. Quase nunca percebemos isso, quando cremos que essa conspiração está a nosso favor, chamamos quase sempre de sorte, quando nos contraria, alcunhamos de azar. O Universo encadeado pelas leis matemáticas e físicas de atração e repulsão, causa e efeito configura-se como uma imensa obra inacabada. A raça humana onde quer que esteja, participa dessa criação num papel de co-criadora, modificando a natureza em uma segunda natureza, através do trabalho, mas não o trabalho “tripalium”, castigo usado na antiguidade, mas sim um trabalho “labor”, de identidade do que obra em sua obra, trabalho e realização, trabalho e desenvolvimento de nossas potencialidades na construção de um mundo melhor e por extensão de um universo mais digno. Muitos não pensam assim.
Essa conspiração celestial presente em todo o universo está à nosso favor, mesmo quando não concordamos. As leis de ação e reação nos impelem ao progresso e à evolução, caminhamos numa estrada feito por nós mesmos, colhendo do que plantamos, recebendo do que enviamos, num fluir de pensamentos e ações incessantes onde contruímos assim nosso próprio destino.
É preciso refletir sobre a vida, a nossa vida, num exercício de prática, reflexão e prática. É preciso olhar o universo exterior a partir do que sentimos do nosso universo interior.
Cada ser humano é um universo em miniatura, temos nós todos nossos terremotos e tsunâmis, nossas revoltas e guerrilhas íntimas, temos nossos invernos e verões, por ora tudo é outono.
As folhas irão cair e cobrir o chão de marrom, depois o frio nos remeterá à necessidade de nos recolhermos entre chás e cafés na companhia dos que nos são caros. Quando entrar setembro, Beto Guedes que o diga, as flores voltarão e novamente sentiremos o universo conspirar a nosso favor.

Deixe uma resposta