Arquivo por mês: abril 2011

abr 15

O Sempre é Agora.

Sempre é hoje e ontem e ainda amanhã, sempre é sempre de dia de noite e de manhã. Sempre é nunca sem. E o Sempre vem antes do aquém e depois do próprio além. Sempre o contrário de nunca e jamais, jamais estarei ausente se sempre estiver presente e se Sempre não for demais. Sempre e …

Continue lendo »

abr 14

Vida de caboclo

Vida de caboclo, no mato tornado campo de letras dormentes e sementes de esperanto. Vida de cabloco morto em vivo tormento, tinha como nome Seo Bento. Levava tiras de pano ao vento a lembrar dos dias de santo… Seo Bento morto por dentro cantava nos dias cinzentos eterno e meigo canto, letras dormentes… e sementes de esperanto. Vida de caboclo …

Continue lendo »

abr 04

Dez encantos

O encanto de falar, o encanto de ouvir o encanto de florir o encanto de olhar e o encanto de sorrir. O encanto de escrever o encanto de refletir, o encanto de ler, o encanto de escolher e o encanto de existir. Dez palavras encantadas dez palavras para cantar, dez palavras para ouvir, o encontro das dez …

Continue lendo »

abr 03

A palavra é: SOLIDARIEDADE

Solidariedade vem de tornar Sólido.

abr 03

A palavra é: PALAVRA

PALAVRA deriva-se de Parábola, seu primeiro significado foi o de comparação como nas Parábolas de Cristo, deste sentido de comparação passou ao de verbum, dando-se também a diferenciação fonética: Parábola (comparação), Palavra (verbum).

abr 03

A palavra é: Compromisso

Compromisso vem de Promessa, com a mesma promessa, uma mesma ideologia no caso religiosa. Já a palavra Promessa vem do latim missa que é onde as preces e rogativas à divindade são enviadas, vem da frase latina com a qual o sacerdote finaliza a cerimônia: “Ite, missa est” = Ide-vos, a vossa prece foi enviada.

abr 01

Decanto

De vez em quando… não é sempre, talvez latente sem quase nunca despertar… esse poema mora comigo como divino inquilino a jamais me abandonar… De quando em vez… e é quase sempre ele nunca ausente fiel se faz e se desfaz em versos de verbos de guerra e paz. Decanto essa poesia, no feltro de meu …

Continue lendo »