«

»

jul 23

Semeadores.

"A educação é um processo coletivo, porém a jornada é individual". (Dilu)

Como sementes ao vento, as idéias humanas se propagam em busca de solo fértil. A fertilidade do solo de que é feito o coração humano consiste-se de inúmeras variáveis. Há o coração que tem sede de justiça, há o que tem a soberba em abundância, há aquele ainda que necessita do que é mais básico para o sobreviver. Há corações que se locupletam da miséria alheia, há os que se enraivessem diante da felicidade do outro. Nós desejamos semear o solo que recobre os corações dos que se indignam diante das injustiças e diante das mazelas humanas. É de um novo  mundo e de uma nova Terra que falamos, de uma terra onde o homem não seja o lobo do homem, onde a riqueza de um seja a felicidade do outro.

Cada um é o construtor de si mesmo, nessa psicosfera de pensamentos onde habitamos, contagiados e contagiantes, agimos e reagimos. A cada ação, uma reação. Não havendo efeito sem causa, procuremos agir para o bem.

Semeadores somos todos.

Deixe uma resposta