«

»

jul 27

Páginas viradas

Há pessoas que são poemas,

prosa e poesia,

sonho, valsa e fantasia,

olhar de noite e olhar de dia.

Há pessoas que são sonhos

que são flor e céu tristonho,

sim pessoas hão que existir

para teus pés de flores recobrir.

E quando tu partires

as saudades que sentires

farão você voltar.

Páginas que virão

poemas de solidão

e poemas de amar.

Saudades de você,

das páginas que viramos,

das poesias que só letramos,

depois ré buscamos.

Saudades de te querer

das mortas folhas ressequidas

e das lembranças esquecidas,

que jamais poetizamos.

Deixe uma resposta