«

»

jun 26

Paraíso

E seu mundo cabia numa pequena mala,

e para onde fosse

ele iria também,

iria agarrando sua saia,

como um navio se atraca num seguro porto,

e caminharam tristes e sós

por tantas estradas e tantos pós

e um dia chegaram e sorriram

havia sim afinal um perdido paraíso…

E esse paraíso se chamava amor.

 

Deixe uma resposta