«

»

jul 23

Na rede

Na rede me lanço,

me balanço e me deito,

na rede descanso,

me encanto e me deleito.

Na rede escrevo,

me vejo e revejo,

na rede procuro,

ouço e releio.

Na rede caminho,

na rede destino,

na rede enredo,

pão peixes e poemas,

soluções e problemas.

Na rede me aninho,

na rede me deito,

na rede contigo ou sozinho,

na rede me ajeito.

Na rede que pende do teto,

ouço, vejo e me aquieto,

e se eu não gostar,

simplesmente deleto.

 

 

Deixe uma resposta