«

»

jul 30

As sombras.

Sombras de ti

sobras de mim,

sombras que assombram

e sopram a solidão assim.

Sobra de mim a só lidão

de sólido e insólito solilóquio,

da sólida lida de então

lida sólida de só lida

da sobra devida

do meu coração.

 

Deixe uma resposta