«

»

fev 04

Ceifa

579096_398246330249161_555181107_n

Cada nó e cada noz

em cada flã em cada via

cada noz sempre deveria

olhar para o meu indecifrável eu

e eu sendo Fernando

seria ainda o indecifrável valor de um ainda não eu.

O meu pedido é paz e o meu solene perdão é dolo

em cada palavra não dita

uma poesia maldita

e um inexplicável eu.

Deixe uma resposta