«

»

jun 29

Desassocio-me

SANDRA-FOTOS-DIVERSAS-ANTIGAS-599-221x300

Lavo-me com as minhas lágrimas,

que elas me levem a alma,

levem minha alma para sempre,

para que eu me aparte de mim,

e ao divorciar-me de mim mesmo,

eu não tenha mais que me acompanhar.

Desassocio-me de mim,

como quem se despe do amor,

como quem se separa da eterna dor

de amar e não ser,

de quem deseja e não o é,

de quem espreita e não se vê.

Dispo-me de mim mesmo,

caminho alheio,

nada mais me percebo,

não mais penso tão pouco existo.

 

Deixe uma resposta