Arquivo por mês: março 2015

mar 31

Cavo

by alessandro bergamini

Tem tanta gente infeliz cavando com os próprios pés seus abismos mais que secretos, caminham a esmo sem nenhum sentido nas estradas perdidas do coração deserto.   Eu também trilho a minha estrada, nela todas as pegadas são tuas, cada curva um desejo, cada esquina uma solidão cada encruzilhada uma dúvida cada porta fechada uma …

Continue lendo »

mar 31

Novas pegadas

by Zeki Yavuzak

  Não posso esquecer o teu amor, faço dele a minha esperança desapegados de tudo sairemos novamente como crianças em uma nova caminhada.   Caminharemos por nossas pegadas na mesma estrada que nos encontramos cada pegada um pedaço do nosso amor.   Secaremos nossas feridas com o sal do nosso pranto cada gota vertida uma …

Continue lendo »

mar 31

Secreto

10953236_764615623627408_689526396968630458_n

Veja aqui estas minhas marcas são do teu desamor das tuas idas tantas ao nosso jardim sem nenhuma flor.   Estas marcas tantas reflexos das minhas entranhas de uma entranhada dor do teu decúbito secreto no leito de um outro amor.   Veja só estas rugas, das nossas tantas rusgas de um decanato em dor …

Continue lendo »

mar 27

Teus dogmas dispenso.

by Cristina Otero

Teus dogmas dispenso, não quero as amarras da tua insensatez, nada do que tu pregas habitará a minha existência teus hábitos rotos e malditos hábitos tortos e proscritos te levam a um campo sem flor tua sementes secaram na tua aridez.   Quero as cores da minha alegria, elas estampam o clamor de um novo …

Continue lendo »

mar 25

Vaso

Reponho em mim o que se perdeu cada pedaço rompido um pedaço do teu adeus.   Refaço em mim o que se fendeu cada brecha surgida um amor que era teu.   Meu peito um vaso perdido de um amor que se prometeu do abandono então surgido e da saudades que nasceu.   Reponho cada …

Continue lendo »

mar 25

Cotidiano

by Nicole Briones

Dia noite e tarde alarde caos e calmaria tudo assim seria.   Se não fosse a tua ausência a quase total não existência da tua mão renovadora de cada página curtida de cada foto reveladora,   de cada caco da tua voz em cada mesa florida de todo cotidiano atroz da tua presença perdida   …

Continue lendo »

mar 25

Espera

by Julien Oncete

  À espera de teu olhar no caminho qualquer que você for passar passo as minhas tristezas sem quase alguma esperança tudo em mim olhar perdido sem infância busco-te em todas as manhãs e qualquer dia destes tu irás passar aqui ali ou acolá caminhos não faltam para que eu esperar.

mar 25

Antes que março se acabe

10906033_335065286680671_7212079984632882495_n

Antes que março se acabe, antes que seja demais tarde, antes que o dia anoiteça antes que eu desapareça.   Antes que tudo termine antes que a noite apareça antes do final do filme antes que a trova arrefeça.   Antes de tudo acabar antes mesmo do sol se por antes da lua brilhar antes …

Continue lendo »

mar 25

Vento novo

10931297_436512513163152_6785493718894564475_n

Busco no vento novo, a antiga paixão de outro tempo, deixo lá fora o de hoje lamento, quero a brisa do outono por fora e por dentro.   Largo a página rota e amassada na qual não escrevi nada viro-a e começo página nova travo trova poema e poesia, em cada traço uma nova linha, …

Continue lendo »

mar 21

Saudade

Jacek Falmur

Me curvo sob o peso do tempo ele já me levou demais e nada me deixou de você.   O que ele, o tempo deixou foi um imenso vazio em meu peito um vazio que se chama saudade.

Posts mais antigos «