«

»

mar 25

Cotidiano

by Nicole Briones

by Nicole Briones

Dia noite e tarde
alarde
caos e calmaria
tudo assim seria.
 
Se não fosse a tua ausência
a quase total não existência
da tua mão renovadora
de cada página curtida
de cada foto reveladora,
 
de cada caco da tua voz
em cada mesa florida
de todo cotidiano atroz
da tua presença perdida
 
Escrevo poemas sem cor
em noites sem nenhum luar
já não tenho perto o meu amor
já não tenho em mim o que amar.

Deixe uma resposta