Arquivo por mês: junho 2015

jun 12

Por você

by Nicole Briones

Olho pela janela da minha vida, flores mortas e recaídas espinhos tortos mortos amorfos.   Cada espinho uma partida cada morta e amorfa flor uma despedida do teu amor.   Cada imagem que vejo cada som de realejo cada gemido de dor cada canto e cada cantiga cada cacto e cada flor cada vento e …

Continue lendo »

jun 02

o eu

by Giuseppe Soldo

Olho em ti o eu morto o eu desfeito o eu que se desfez do ar rarefeito do amor natimorto em que você se fez.   Olho em ti o eu ainda bom em cada verso de cada rima a cor do teu batom em cada riso de menina o mais doce do teu som …

Continue lendo »