«

»

set 30

Flanô

Tatuagem-infinito-02

O infinitivo do teu amor transcende
transborda inunda fecunda,
o infinito do teu amor é mais
sendo abstrato e concreto
sendo casto e abjeto
é amor de mãe sendo pai.
 
É amor de beijo na boca
ensandecidamente casta e louca
absurdamente pacata e crua
dama e consorte da vida sendo a morte
a liberdade em correntes de fel
sendo mulher e qualquer uma
em qualquer lua de mel.
 
Tua liberdade transgride
a míope opinião alheia
a tua boca agride
quando beija a boca que te incendeia.
 
Não te culpes pelo mundo
minha mais querida amiga
minha mãe de santo e de sagrado
oferece o teu sorriso mais rasgado
para os que te apedrejam na avenida.
 
Caminha sobre a inumana insensatez
rasgando em versos o teu bordado
cria um futuro com as marcas do teu passado.
 
 
 
 

Deixe uma resposta