Arquivo por mês: outubro 2016

out 11

Teimo

Desço ainda tonto do sono em que me havia perdido nele o sonho santo em que me havia esquecido Teimo em fantasiar e a minha autoestima rebaixada fragmentos de minha noite mal acordada Cada soneto feito em teu falar cada anelo do teu cabelo que teima em se desmanchar cada sorriso discreto secreto desejo de …

Continue lendo »

out 11

Aparto

Me aparto de você temo em continuar a te querer em cada noite que eu só posso te olhar cada noite assim é uma noite sem fim que eu não quero terminar O teu cabelo divino novelo que teima em se desmanchar Cada palavra maldita da tua garganta bendita que teima em me chamar Nego …

Continue lendo »

out 11

Chaga

De cada canto do teu corpo o absorto véu do meu olhar ao te ver te desnudar em tua anca despida em minha alma perdida e em cada pedaço do meu ser cada palavra que tua boca geme num novo amanhecer Ainda em meu peito uma chaga aberta de uma chama de amor desperta de …

Continue lendo »