«

»

out 11

Chaga

405394_451969828170834_1125046882_n

De cada canto do teu corpo
o absorto véu do meu olhar
ao te ver te desnudar

em tua anca despida

em minha alma perdida
e em cada pedaço do meu ser
cada palavra que tua boca geme
num novo amanhecer

Ainda em meu peito
uma chaga aberta
de uma chama de amor desperta
de uma paixão que ainda não morreu
essa chaga viva incerta
do amor que hoje é só meu.

Ao te ver me vejo
perdido no teu olhar
cada noite mal dormida
uma chaga parida
que não quer fechar.

Deixe uma resposta