«

»

jan 25

Crisálidas

tumblr_lposqdysun1qmyw1to1_500

Amanhecemos de uma noite distante
nossas marcas se somaram aos sonhos mortos
nossas vidas fartas
nossos sonhos tantos
nossas inúmeras marcas
nossos males santos.

Cada ruga de cada rusga
de cada antepasto servido
de cada mesa pronta
de cada caco partido

Envelhecemos em nossa casca
sendo crisálidas de vários eus
tecidos rotos já não nos aquecem
cada velho dia um novo adeus

Em cada marca uma saudade
em cada noite a se derramar
de cada olhar a eternidade
de quem não se cansa de esperar.

Em cada manhã uma vontade
em cada vontade um desejo meu
em cada desejo uma saudade
do amor que você prometeu.

Deixe uma resposta