«

»

abr 05

Sonhos da Palestina

menino-palestina

Durmo entre as pedras derrubadas

Cada pedaço de terra

Uma nação abortada

 

Uma menina que foge das bombas

Na guerra de seu desterro

Corre corre e tomba

Na poça do seu desespero

 

Em meu sonho uma terra nossa

Sonhos jamais me faltarão

E a quem interessar possa

Meu sonho é libertação.

 

Sonho um sonho antigo

Sonho assim sonho acordado

O sonho que trago comigo

É o de um mundo mais amado

 

Nas noites mal dormidas

Em que o sonho assim me vem

As imagens da minha vida

Que essa vida já não tem

Sonho com cada pedaço de chão

Da escola onde estudei

Onde ouvia o alcorão

Na mesquita em que frequentei

 

Sonho com cada sorriso partido

De cada alegria que foi banida

De cada irmão caído

Na luta dessa nossa vida

 

Sonho com mulheres sofridas

Caminhando de pés no chão

E das famílias banidas

Com as chaves da casa nas mãos

 

Saíram da sua terra para sempre

Levando as chaves da porta

Gesto símbolo de minha gente

Contra a violência que nos foi imposta

 

Sonhei um dia ir para Europa

Canadá, Birmânia não importa,

Onde o palco seria meu chão

Meu espaço

Minha pátria

Minha profissão

As vezes durmo como criança

Cada sonho um desejo

Cada desejo uma esperança

 

Esperança que vence o medo

Esperança é o que importa

Da luta não me arrependo

Nem do pó das minhas botas

 

Uma menina que vai correndo

Não de medo não de terror

É a menina que vai nascendo

Na minha pátria chamada dor.

 

Meu sonho é realidade

Minha luta é minha sina

Minha bandeira é liberdade

minha terra é Palestina.

Deixe uma resposta