Fernandocardoso

Detalhes do autor

Data de registro: 13 de fevereiro de 2011

Últimos posts

  1. Família — 27 de maio de 2017
  2. Sonhos da Palestina — 5 de abril de 2017
  3. Sempre 8 de março — 8 de março de 2017
  4. Tempo — 1 de fevereiro de 2017
  5. Crisálidas — 25 de janeiro de 2017

Listas de posts do autor

maio 27

Família

IMG_8545

Diadema, 21 de maio de 2017 Devo escrever logo Antes que ela desperte   E quando ela desperta…ahaaa A minha vida que era quieta Vira de cabeça pro ar   Mas vamos logo escrever Que o encontro logo vai começar Antes que eu comece a esquecer Os versos que vieram me despertar   O tema …

Continue lendo »

abr 05

Sonhos da Palestina

Durmo entre as pedras derrubadas Cada pedaço de terra Uma nação abortada   Uma menina que foge das bombas Na guerra de seu desterro Corre corre e tomba Na poça do seu desespero   Em meu sonho uma terra nossa Sonhos jamais me faltarão E a quem interessar possa Meu sonho é libertação.   Sonho …

Continue lendo »

mar 08

Sempre 8 de março

21414_398245410249253_1624375204_n

Há que ser março sempre, neste teu peito ardente como flor de mangue feito fel mel e sangue. De objeto te fizeram e assim a tua coisificação do teu corpo posto à venda como mais uma prenda de cada liquidação. É março em cada dia de cada mês, é março em cada quarto de hora em que tu menina moça …

Continue lendo »

fev 01

Tempo

22

O tempo que tivemos nos alimentou de esperanças o tempo acabou morrendo deixando órfãs nossas lembranças O tempo ido e passado é o tempo que se perdeu e o tempo  ainda não chegado é o templo do amor meu Escreverei no peito aberto no tempo que é todo meu o amor agora desperto do amor que …

Continue lendo »

jan 25

Crisálidas

Amanhecemos de uma noite distante nossas marcas se somaram aos sonhos mortos nossas vidas fartas nossos sonhos tantos nossas inúmeras marcas nossos males santos. Cada ruga de cada rusga de cada antepasto servido de cada mesa pronta de cada caco partido Envelhecemos em nossa casca sendo crisálidas de vários eus tecidos rotos já não nos aquecem cada …

Continue lendo »

dez 20

Esperar

Há que se querer há que se dar há que se amar há que se aguardar o tempo onde não haverá mais separação não haverá despedidas nem consternação onde palavras a toa possam soar de maneira a toa…

dez 13

A metade da maçã

tumblr_lposqdysun1qmyw1to1_500

A metade da maçã do meu inteiro amor a metade se perdeu no quarto da minha dor. O terço que eu rezava virou extrema unção, as contas que eu contava espalhadas pelo chão. No quintal da minha vontade na tangente do meu amor o decassílabo da minha saudade o expoente da minha dor.

out 11

Teimo

Desço ainda tonto do sono em que me havia perdido nele o sonho santo em que me havia esquecido Teimo em fantasiar e a minha autoestima rebaixada fragmentos de minha noite mal acordada Cada soneto feito em teu falar cada anelo do teu cabelo que teima em se desmanchar cada sorriso discreto secreto desejo de …

Continue lendo »

out 11

Aparto

Me aparto de você temo em continuar a te querer em cada noite que eu só posso te olhar cada noite assim é uma noite sem fim que eu não quero terminar O teu cabelo divino novelo que teima em se desmanchar Cada palavra maldita da tua garganta bendita que teima em me chamar Nego …

Continue lendo »

out 11

Chaga

De cada canto do teu corpo o absorto véu do meu olhar ao te ver te desnudar em tua anca despida em minha alma perdida e em cada pedaço do meu ser cada palavra que tua boca geme num novo amanhecer Ainda em meu peito uma chaga aberta de uma chama de amor desperta de …

Continue lendo »

Posts mais antigos «